Documentário e Romaria: Celebração da Resistência Geraizeira na 12ª Romaria Rumo ao Areião

Geraizeiros

10 de outubro/2023

No último dia 8 de outubro de 2023, a comunidade Geraizeira de Água Boa II, situada na Zona de Amortecimento da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Nascentes Geraizeiras, em Rio Pardo de Minas, reuniu-se para a emblemática 12ª Romaria Rumo ao Areião. O evento, marcado por tradição e luta pela preservação do território e das águas, culminou na produção de um documentário e material audiovisual pelo CAA-NM.

A romaria é uma tradição do povo Geraizeiro da Comunidade Água Boa II, representando um ato de devoção e defesa do Cerrado. Os participantes percorrem a região, louvando, celebrando suas conquistas e fortalecendo a fé, enquanto reafirmam o compromisso com a proteção do meio ambiente e das nascentes.

Partindo da igreja católica da Comunidade Água Boa II, a caminhada é marcada por momentos de reflexão, diálogos e cânticos, enaltecendo a importância da natureza para suas vidas e tradições. Ao atingir o Areião, um local considerado sagrado para o povo dessa comunidade e de significativa biodiversidade, é celebrada uma missa seguida por um almoço e cantigas de catira com os foliões de reis na comunidade.

O Areião, foi alvo de devastação por empresas visando o plantio de monocultura de eucalipto. No entanto, a comunidade resistiu bravamente por mais de uma década, defendendo suas terras, interrompendo ações de desmatamento e impedindo empreendimentos que ameaçavam as nascentes. Nesse período de resistência, houve conflito com policiais e greve de sede e fome em Brasília em frente ao Congresso Nacional, dentre muitos momentos de tensões.

Fruto desse esforço coletivo, em 2014 foi criada a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Nascentes Geraizeiras, abrangendo 38 mil hectares nos municípios de Rio Pardo de Minas, Montezuma e Vargem Grande do Rio Pardo, com o propósito de proteger as nascentes e preservar os modos de vida e tradições Geraizeiras.

Como marco e símbolo da luta, devoção e conexão com a fé divina, foi erguido no Areião o Santuário de São Francisco de Assis, considerado o protetor da natureza e dos animais na religião católica.

A importância dessa jornada e a vitória alcançada pela comunidade foram registradas em um documentário, além de duas matérias com fotos e textos para as redes sociais do CAA-NM. Esse material destaca não apenas a devoção e a conexão espiritual, mas também a luta contínua pela preservação do meio ambiente e da cultura Geraizeira.

A Romaria Rumo ao Areião continua a ser não apenas uma celebração espiritual, mas um testemunho vivo da resistência e do compromisso dessas comunidades com a preservação do Cerrado e suas tradições.

Assista ao documentário completo produzido pelo CAA-NM:

Compartilhe nas suas redes!!

Fique por dentro das últimas notícias do Museu Vivo!

Cadastre-se e faça parte da nossa lista. Por lá, você irá receber em primeira mão as notícias do Museu Vivo, dos territórios e dos povos tradicionais de Minas Gerais.